TTverde


Apresentando: O Breitling Blacksteel

Em março, a Breitling agitou o mundo dos relógios quando apresentou o sofisticado e discreto modelo de ouro vermelho de seu Chronoliner. Limitado a 250 peças, o relógio de US$ 30.000 foi apontado pelos relojoeiros como incorporando o “espírito vintage” dos capitães de voo que originalmente usavam o modelo.

Agora, apenas cinco meses depois, a Breitling retirou os detalhes dourados do modelo e levou seu clássico Chronoliner para um lugar mais sombrio – literalmente. O Breitling Blacksteel é a mais recente iteração deste icônico relógio e é um modelo monocromático e prático.

Apresentando uma nova pintura preta, a caixa de aço do cronógrafo de fuso horário triplo é revestida com um tratamento à base de carbono de alta resistência. Com superfícies acetinadas para contrastar com a luneta de cerâmica brilhante, ultra-dura e resistente a riscos, a Breitling acrescentou profundidade ao que poderia ter sido um relógio plano e escuro.

As indicações em branco e prata se destacam claramente contra o novo fundo preto - garantindo uma legibilidade essencial no relógio de um aviador.

A parte de trás da caixa apresenta os planos duplos estilizados que foram a assinatura Breitling de longa data, e a pulseira de borracha Aero Classic ecoa o design das tradicionais pulseiras de aviador de malha de aço.

Mecanicamente, o Chronoliner Blacksteel de £ 6.300 combina duas funções que pilotos e viajantes consideram inestimáveis: um cronógrafo para medir os tempos de voo e uma exibição de fuso horário triplo para mantê-lo pronto e pontual onde quer que você se encontre. Além de sua versatilidade, o relógio também é resistente à água até 100 metros.