FIA E-Prix de Santiago

Quito lugar para Bird no frenético E-Prix de Santiago (Chile) 

Tendo terminando o E-Prix de Santiago na 5ª posição e obtido a Volta Mais Rápida na capital chilena, Sam Bird mantém-se na corrida ao título de Pilotos.

No Campeonato de Equipas, a DS Virgin Racing ocupa agora o 3º posto, numa temporada muito disputada.

No decorrer da corrida frenética que se realizou, pela primeira vez, em Santiago do Chile, Sam Bird, piloto da DS Virgin Racing, obteve pontos preciosos que lhe permitem manter as suas aspirações ao título da Fórmula E, a disciplina 100% elétrica do desporto motorizado.

O britânico terminou em 5º lugar e foi autor da volta mais rápida da corrida, acumulando uma pontuação que lhe garante o 3º lugar no Campeonato de Pilotos, a mesma posição que a DS Virgin Racing ocupa no Campeonato de Equipas.

Tanto Bird como o seu colega de equipa Alex Lynn começaram bem o dia: Bird foi o mais rápido na primeira sessão de Treinos Livres e Lynn concluiu a segunda sessão com o 2º melhor tempo. Na Qualificação, ambos voltaram a ser muito rápidos, tendo Bird terminado entre os cinco primeiros da Superpole, feito que o piloto tem alcançado em todas as provas desde o E-Prix de Berlim, na temporada passada. Após a aplicação de penalizações a outros pilotos, Bird arrancou do 4º lugar da grelha e Lynn do 6º.

A primeira volta foi pródiga em incidentes, obrigando à entrada em cena do Safety Car, quando Bird estava em 5º e Lynn em 6º lugar. Bird aplicou-se depois a fundo para ultrapassar Sebastien Buemi, o que não foi possível, enquanto Lynn conseguiu suster os ataques de Lucas Di Grassi à medida que se aproximava a paragem nas boxes. Optando por estratégias diferentes, Lynn parou mais cedo e Bird cumpriu mais uma volta.

Na primeira prova realizada sem tempos mínimos regulamentares nas boxes, ambos fizeram boas paragens, mas, para Lynn, a corrida viria a ter um desfecho inesperado devido a um problema mecânico. Entretanto, Bird continuou com um ritmo elevado e, apesar de uma breve falha de telemetria nas boxes que afetou todas as equipas, nunca baixou os braços até à bandeira de xadrez.

Sam Bird: “Foi uma corrida frustrante, mas, ainda assim, conseguimos uma boa pontuação. Tentámos algo diferente na estratégia de paragens nas boxes, mas, infelizmente, não resultou como esperávamos. Foi também uma pena o que aconteceu ao Alex, mas sei que ele e toda a equipa voltarão ainda mais fortes no México.”

Alex Lynn: “Desta vez, o desfecho foi dececionante porque estivemos sempre bastante competitivos ao longo de toda a jornada. Estávamos muito confiantes para a corrida e também na obtenção de uma boa pontuação, mas acabei por ter de abandonar devido a um problema mecânico. Mesmo assim, foi um evento muito agradável, com um excelente ambiente e numa pista urbana cheia de caráter.”

Alex Thai, Diretor do Team DS Virgin Racing: “Logo de início, demonstrámos que tínhamos ritmo para lutar pela vitória, mas, infelizmente, o resultado final não o reflete. Estivemos fortes em todas as sessões até à corrida, com o Sam a voltar a estar na SuperPole e o Alex muito perto disso. Ambos fizeram corridas excelentes neste circuito tão exigente. Além disso, é de realçar que obtivemos uma boa pontuação e que nos mantemos na luta pelos títulos de Pilotos e de Equipas.”

Xavier Mestelan Pinon, Diretor da DS Performance: “Este fim de semana não correu de acordo com as nossas expetativas, mas isso não nos impediu de demonstrar o nosso elevado nível de competitividade, do princípio ao fim. Estamos agora no 3º lugar em ambos os campeonatos, pelo que continuamos na corrida pelos dois títulos. Este campeonato é extremamente competitivo e o mais pequeno deslize paga-se caro. Obviamente, vamos voltar à luta no México.”

A próxima ronda do Campeonato FIA ABB de Fórmula E 2017/2018 terá lugar no México, a 3 de março. 


CAMPEONATO FIA ABB FIA DE FÓRMULA E 2017/2018

E-PRIX DE SANTIAGO - CLASSIFICAÇÃO FINAL
1. JEAN ERIC VERGNE, TECHEETAH, 37 LAPS (25, INCLUI 1 PT DA POLE-POSITION)
2. ANDRE LOTTERER, TECHEETAH, +1.154S (18)
3. SEBASTIEN BUEMI, RENAULT E.DAMS, 1.959S (15)
4. FELIX ROSENQVIST, MAHINDRA RACING, 2,793S (12)
5. SAM BIRD, DS VIRGIN RACING, +4.490S (10, INCLUI 1 PT DA MELHOR VOLTA)

CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS (APÓS 4 PROVAS):
1. JEAN ERIC VERGNE, 71
2. FELIX ROSENQVIST, 66
3. SAM BIRD, 61
4. BUEMI, 37
5. NELSON PIQUET JR, 33

14. ALEX LYNN, 8

CAMPEONATO DO MUNDO DE EQUIPAS (APÓS 4 PROVAS):
1. TECHEETAH, 89
2. MAHINDRA RACING, 87
3. DS VIRGIN RACING, 69
4. PANASONIC JAGUAR RACING, 54
5. RENAULT E.DAMS, 44

Fonte: Jorge Magalhães:

Partilhe este artigo

O TTVerdePT é um portal pessoal, independente e sem fins lucrativos, on-line desde o ano 2000. Decidimos ser o "tempo certo" para a "reconversão" do TTVerdePT. Assumimos agora, como "missão principal", a disponibilização do nosso vasto "Repositório de Memória" do que acompanhamos ao longo destes últimos 17 anos. Continuaremos a ser um "eco" participativo - agora mais focados no Facebook e eventualmente menos activos aqui - nos temas que nos interessam e motivam. Rejeitamos a responsabilidade pelas informações e material gráfico disponibilizados por terceiros. Este site não se subordina aos novos acordos ortográficos, aos quais é indiferente, publicando os textos conforme as preferências dos seus autores. (Y2K17 - Y2K18 - A. O.)


NOVAS Condições de Divulgação AQUI!

ATENÇÃO: Este site usa os cookies, apenas para podermos melhorar a sua utilização.