FIA FormulaE - ePrix de Roma

Vitória histórica de Sam Bird no E-Prix de Roma

Sam Bird venceu a primeira corrida de Formula E disputada em Roma. Foi a sua 7ª vitória em 40 E-Prix disputados na sua carreira

Fruto desse resultado, a DS Virgin Racing subiu ao 2º lugar dos Campeonatos do Mundo de Equipas e Pilotos.

A equipa foi abençoada pelo Papa no início da semana. Foi sob uma chuva de aplausos que Virginia Raggi, Presidente da Câmara de Roma, entregou o troféu ao vencedor.

Sam Bird alcançou uma vitória histórica por ocasião da primeira corrida de sempre de Fórmula E disputada nas ruas e avenidas de Roma. Foi a sua 7ª vitória na categoria e o resultado permitiu que ele e a DS Virgin Racing subissem ao 2º lugar no Campeonato de Pilotos e de Equipas.

Com 40 corridas da Fórmula E disputadas até à data com a mesma equipa, o piloto britânico resistiu até o final aos ataques de Lucas di Grassi e beneficiou do abandono de Felix Rosenqvist, o detentor da pole-position, que foi vítima da quebra da suspensão traseira esquerda.

Frente a 30.000 espectadores, Sam Bird foi muito rápido ao longo de todo o dia no Circuito Cittadino dell’EUR. O piloto do DSV-03 n º2 assinou o 2º melhor tempo em ambos os treinos, resultado que lhe permitiu posicionar-se na primeira linha da grelha de partida.

"Honestamente, não pensava estar no degrau mais alto do pódio quando vi o ritmo do Felix [Rosenqvist]”, refere Sam Bird, piloto de 31 anos que, dias antes, havia sido abençoado pelo Papa, num evento especial organizado pela estrutura da Fórmula E. “Consegui aproximar-me dele, no final da primeira metade da prova, mas também tinha pilotos muito rápidos no meu encalço. Foi pena o que aconteceu com o Felix, na segunda metade da corrida, mas isso fez-me subir à 1º posição. Depois tive apenas que manter a cabeça fria e não cometer erros. A equipa fez um ótimo trabalho hoje e estamos ansiosos por Paris, dentro de duas semanas.”

Para o seu companheiro de equipa, Alex Lynn, o dia foi bem mais frustrante. Apesar de contar com um bom ritmo, o piloto britânico teve que abandonar após um acidente: “O fim de semana foi difícil no meu lado das boxes, mas estou feliz pelo Sam e pela equipa. A performance estava lá mas não funcionou. Há que voltar à carga na próxima ronda, que terá lugar em Paris.”

Alex Tai, Diretor da DS Virgin Racing Team: “Estou muito feliz pelo Sam e pela equipa. Em Roma, o evento foi fantástico e sublinhou a excelência da Fórmula E. O Sam voltou às vitórias, algo a que nos acostumou sempre que chega a um novo circuito, como no ano passado, com a sua dupla vitória na estreia do E-Prix de Nova Yorque. Ou será que foi o seu encontro com o Papa que fez a diferença? Agradeço a toda a equipa que continua a dar tudo no processo. Para o Alex, naturalmente que o resultado é frustrante, mas sabemos que ele é um grande piloto e que depressa irá recuperar”.

Xavier Mestelan Pinon, Diretor da DS Performance: “É um enorme prazer iniciar a ronda europeia com uma vitória destas, nas ruas de Roma, frente a dezenas de milhares de fãs! É um bom presságio antes da nossa corrida, em Paris. Podemos comemorar esta vitória antes de regressar a casa.”

A próxima prova do Campeonato FIA ABB de Fórmula E 2017/2018 – a 8ª de 12 – irá disputar-se em Paris no dia 28 de abril.

CAMPEONATO FIA ABB FIA DE FÓRMULA E 2017/2018

E-PRIX DE ROMA (ITÁLIA) – CLASSIFICAÇÃO FINAL
1. SAM BIRD, DS VIRGIN RACING (25 PONTOS)
2. LUCAS DI GRASSI, AUDI SPORT ABT SCHAEFFLER (18)
3. ANDRE LOTTERER, TECHEETAH, (15)
4. DANIEL ABT, AUDI SPORT ABT SCHAEFFLER (12 + VOLTA MAIS RAPIDA)
5. JEAN ERIC VERGNE, TECHEETAH (10)


CAMPEONATO DO MUNDO DE PILOTOS (após 7 de 12 provas):
1. JEAN ERIC VERGNE, 119 PONTOS
2. SAM BIRD, 101
3. FELIX ROSENQVIST, 82
4. SEBASTIEN BUEMI, 60
5. DANIEL ABT, 50

13. ALEX LYNN, 17

CAMPEONATO DO MUNDO DE EQUIPAS (após 7 de 12 provas):
1. TECHEETAH, 152 PONTOS
2. DS VIRGIN RACING, 118
3. MAHINDRA RACING, 103
4. AUDI SPORT ABT SCHAEFFLER, 89
5. PANASONIC JAGUAR RACING, 88

SOBRE O CAMPEONATO ABB FIA DE FÓRMULA E
O Campeonato ABB FIA de Fórmula E é a primeira competição mundial 100% elétrica para monolugares, disputada em avenidas das mais importantes cidades do mundo, como Hong Kong, Marraquexe, Buenos Aires, Mónaco, Paris, Montreal e Nova Iorque. O Campeonato representa uma visão de futuro da indústria automóvel, de modo a apresentar as mais recentes inovações em matéria de tecnologias de mobilidade elétrica ou de energias alternativas. As próximas temporadas irão ter regulamentos que vão permitir aos construtores concentrarem-se mais no desenvolvimento de motores e baterias que, por sua vez, vão estar disponíveis nos veículos elétricos de estrada contemporâneos para uso diário.


Fonte: Jorge Magalhães

Partilhe este artigo

O TTVerdePT é um portal pessoal, independente e sem fins lucrativos, on-line desde o ano 2000. Decidimos ser o "tempo certo" para a "reconversão" do TTVerdePT. Assumimos agora, como "missão principal", a disponibilização do nosso vasto "Repositório de Memória" do que acompanhamos ao longo destes últimos 17 anos. Continuaremos a ser um "eco" participativo - agora mais focados no Facebook e eventualmente menos activos aqui - nos temas que nos interessam e motivam. Rejeitamos a responsabilidade pelas informações e material gráfico disponibilizados por terceiros. Este site não se subordina aos novos acordos ortográficos, aos quais é indiferente, publicando os textos conforme as preferências dos seus autores. (Y2K17 - Y2K18 - A. O.)


NOVAS Condições de Divulgação AQUI!

ATENÇÃO: Este site usa os cookies, apenas para podermos melhorar a sua utilização.