Baja TT Idanha-a-Nova

Mário Franco (Yamaha) vence Baja TT Idanha

Ruben Faria (CanAm) foi o segundo classificado

Mário Franco acompanhado e de Luís Engeitado aos comandos de um Yamaha YXZ 1000R de motor atmosférico foram os grandes vencedores competição SSV da Baja TT de Idanha-a-Nova que este fim-de-semana se disputou em terras beirãs de Idanha e Penamacor, naquele que foi o regresso do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno após três meses de paragem.

 Apesar da na véspera ter sofrido uma penalização de dois minutos por ter excedido a velocidade máxima permitida numa ZA o piloto da equipa Franco Sport concluiu a prova com uma vantagem de 4m40s face ao jovem Luís Cidade vencedor da Classe Júnior e da Classe Promoção que foi um dos muitos líderes da prova. Na 3ª posição terminou a dupla Pedro Carvalho/André Guerreiro da SGS Car Racing enquanto Nuno Fontes acompanhado de José Sá Pires terminou em 4º lugar tendo triunfado entre os Veteranos. Todos estes pilotaram CanAm Maverick X3.

Sobre a sua prestação na Baja TT Idanha-a-Nova Mário Franco revela: “ontem correu-nos tudo bem, só houve um pequeno erro na ZA que nos levou a ser penalizados em dois minutos. Não vimos uma placa, cometemos um erro, fomos penalizados. Restava-nos recuperar. Sabia que era possível conseguir esta vitória, apesar de não estar à espera. Viemos sempre a recuperar, isso motiva-nos. Houve uma altura que estávamos em quarto, depois começamos a perceber que a 30/40s do fim já estávamos em primeiro, a 9s do João Monteiro, e as coisas acabaram por correr bem porque sabia que a ponta final era nossa. Tenho um carro extremamente difícil de guiar comparado com os outros, porque é um carro sem turbo, por isso ganhar é ouro sobre azul."

Pelo comando da corrida passaram sucessivamente João Dias, Luís Cidade, Ricardo Domingues, Mário Franco, João Monteiro, Ruben Faria e finalmente e de novo Mário Franco.

Na diversas competições monomarca Mário Franco venceu a Classe Open da Taça Yamaha onde José Manescas foi o vencedor da Classe Stock. Luís Cidade venceu o Troféu CanAm enquanto no Troféu Polaris, Sérgio Bandeira triunfou entre os pilotos que utilizaram o modelo com Turbo e Alexandre Silva foi o mais rápido entre os que optaram pelo motor atmosférico.

O campeonato regressa a 22 e 33 de setembro para ser disputado o Raid TT a Góis.


Fonte:
A2 Comunicação (Pedro Barreiros)

Partilhe este artigo

O TTVerdePT é um portal pessoal, independente e sem fins lucrativos, on-line desde o ano 2000. Decidimos ser o "tempo certo" para a "reconversão" do TTVerdePT. Assumimos agora, como "missão principal", a disponibilização do nosso vasto "Repositório de Memória" do que acompanhamos ao longo destes últimos 17 anos. Continuaremos a ser um "eco" participativo - agora mais focados no Facebook e eventualmente menos activos aqui - nos temas que nos interessam e motivam. Rejeitamos a responsabilidade pelas informações e material gráfico disponibilizados por terceiros. Este site não se subordina aos novos acordos ortográficos, aos quais é indiferente, publicando os textos conforme as preferências dos seus autores. (Y2K17 - Y2K18 - A. O.)


NOVAS Condições de Divulgação AQUI!

ATENÇÃO: Este site usa os cookies, apenas para podermos melhorar a sua utilização.