Comitiva portuguesa no Rallye du Maroc

Comitiva portuguesa de peso no Rallye du Maroc

Candidatos à vitória e … André Vilas Boas 

A edição de 2018 do Rallye du Maroc, uma das maiores maratonas de todo-o-terreno da atualidade, está quase a começar. Disputado sob a égide de David Castera, gestor da ODC Events, o actual organizador desta grande prova africana, este desafio integrado no Campeonato do Mundo (Moto) e Taça do Mundo (Auto) terá início no próximo dia 3 e termina a 9 de outubro em Fès.

A caravana portuguesa neste Rallye du Maroc será extensa particularmente entre os SSV, categoria onde estão inscritas cinco equipas, a saber: André Vilas Boas com Gonçalo Magalhães e Miguel Jordão (vice-campeão nacional em 2016) com o brasileiro Lourival Roldan, ambos inscritos pelo South Race A equipa Benimoto inscreve as duplas Luís Portela de Morais/David Megre (ambos presentes no Dakar 2017 em moto), Mário Ferreira/Nuno Matias Guilherme e Filipe Cameirinha/Francisco Esperto. Nas motas as cores lusas serão representadas por Paulo Gonçalves e Mário Patrão (KTM), com o piloto da Honda que se apresenta na luta pelo título a ser um dos candidatos à vitória na corrida. A comitiva portuguesa fica completa com Alejandro Martins que em Toyota e acompanhado por Manuel Porém, vai participar na categoria auto.

O Rally du Maroc vai ainda contar com a presença de grandes nomes da modalidade como Stephan Peterhansel que participará na competição SSV juntamente com Gerard Farres e Adrian Yacopini. Nas motos está confirmada a participação das equipas oficiais da KTM, Honda, Husqvarna, Yamaha e Sherco enquanto nos automóveis vão marcar presença quase todos os melhores pilotos de todo-o-terreno da atualidade integrados em equipas como a Mini, Toyota e Overdrive.

Disputado entre Fés e Erfoud, o Rallye du Maroc terá uma extensão de 1907 quilómetros para a competição das Motos, SSV e Quads e 2051Km para os Automóveis. Esta prova marroquina conta com a realização de um prólogo no dia 4 de outubro, seguindo no dia 5 em direção a Erfoud de onde regressa a Fès no dia 9. O grande objetivo do organizador para este rali é proporcionar uma prova com características únicas que permita a cada participante desfrutar do prazer de conduzir em paisagens fantásticas, mas sempre com um elevado nível de profissionalismo para que os pilotos possam viver uma aventura ímpar.


Fonte:
A2 Comunicação (Pedro Barreiros)

Partilhe este artigo

O TTVerdePT, enquanto "site" pessoal independente e sem fins lucrativos - online desde o ano 2000 - assume agora como missão principal, a disponibilização do seu vasto repositório de memórias destes últimos 19 anos. O TTVerdePT rejeita a responsabilidade por informações e material gráfico disponibilizado por terceiros. (Y2K a Y2K19 "by" A. O.)

ATENÇÃO: Este site usa os cookies, apenas para podermos melhorar a sua utilização.