Nacional de Enduro - Águeda

JPR sofre escaldão em Águeda 

Águeda recebeu no passado fim de semana, mais uma jornada do Campeonato Nacional de Enduro 2016. Foram mais de 160 os pilotos que se apresentaram à partida numa prova organizada pelo recém criado Águeda Action Club.

As especiais cronometradas bem desenhadas e próximas do centro da cidade trouxeram muito público e contribuíram para a festa do Enduro. A Cross Test localizada na pista do Casarão, que já recebeu o mundial de motocross contribuiu muito para o espectáculo. A organização preparou um longo e exigente percurso com cerca de 55km que combinado com o calor sentido criou algumas dificuldades aos pilotos presentes.

O Team JPR Motos / Pedrinha Motor Clube foi representado nesta prova pelo piloto Marcos Ramos que compete no seu primeiro ano na modalidade. Integrado na classe Verdes 1, o piloto de Mira de Aire, veio para esta corrida com o objectivo bem definido de melhorar a classificação da última jornada e aproximar-se do top 10 da categoria. Com uma Enduro Test menos conseguida, Marcos conseguiu fazer um bom tempo na Cross Test, bem como na Extreme Test e os tempos nas especiais ditavam o 11º lugar no final da primeira volta. A arrancar motivado para a segunda volta, Marcos mantinha o mesmo lugar após as segundas passagens pelas especias Enduro e Cross. Durante o percurso ao subir uma das zonas mais técnicas (Poldras, Belazaima do Chão) a embraiagem da sua moto acabou por ceder. O piloto ainda continuou desistindo alguns quilómetros depois sem condições para enfrentar um dos ribeiros da prova.

"Gostei bastante do percurso, estava duro e exigente como eu gosto! Também encaixei bem nas especiais e estava a conseguir rolar com bom ritmo. Infelizmente a embraiagem aqueceu e cedeu a meio da segunda volta e não me permitiu continuar. É pena porque poderia ter feito a minha melhor classificação da época! Obrigado a todos os parceiros da equipa, para a próxima vamos fazer melhor!"

O campeonato vai sofrer agora uma pausa até Setembro para as duas derradeiras jornadas de competição, Lousã e Alcanena. Estas têm a particularidade de serem corridas com dois dias de competição, pelo que ainda faltam 4 dias pontuáveis.

 

Fotos: One Shot Foto e JPR Racing Team

 

JPR sofre escaldão em Águeda

Águeda recebeu no passado fim de semana, mais uma jornada do Campeonato Nacional de Enduro 2016. Foram mais de 160 os pilotos que se apresentaram à partida numa prova organizada pelo recém criado Águeda Action Club.

As especiais cronometradas bem desenhadas e próximas do centro da cidade trouxeram muito público e contribuíram para a festa do Enduro. A Cross Test localizada na pista do Casarão, que já recebeu o mundial de motocross contribuiu muito para o espectáculo. A organização preparou um longo e exigente percurso com cerca de 55km que combinado com o calor sentido criou algumas dificuldades aos pilotos presentes.

O Team JPR Motos / Pedrinha Motor Clube foi representado nesta prova pelo piloto Marcos Ramos que compete no seu primeiro ano na modalidade. Integrado na classe Verdes 1, o piloto de Mira de Aire, veio para esta corrida com o objectivo bem definido de melhorar a classificação da última jornada e aproximar-se do top 10 da categoria. Com uma Enduro Test menos conseguida, Marcos conseguiu fazer um bom tempo na Cross Test, bem como na Extreme Test e os tempos nas especiais ditavam o 11º lugar no final da primeira volta. A arrancar motivado para a segunda volta, Marcos mantinha o mesmo lugar após as segundas passagens pelas especias Enduro e Cross. Durante o percurso ao subir uma das zonas mais técnicas (Poldras, Belazaima do Chão) a embraiagem da sua moto acabou por ceder. O piloto ainda continuou desistindo alguns quilómetros depois sem condições para enfrentar um dos ribeiros da prova.

"Gostei bastante do percurso, estava duro e exigente como eu gosto! Também encaixei bem nas especiais e estava a conseguir rolar com bom ritmo. Infelizmente a embraiagem aqueceu e cedeu a meio da segunda volta e não me permitiu continuar. É pena porque poderia ter feito a minha melhor classificação da época! Obrigado a todos os parceiros da equipa, para a próxima vamos fazer melhor!"

O campeonato vai sofrer agora uma pausa até Setembro para as duas derradeiras jornadas de competição, Lousã e Alcanena. Estas têm a particularidade de serem corridas com dois dias de competição, pelo que ainda faltam 4 dias pontuáveis.

Apoios:
JPR Motos, Pedrinha Motor Clube, SPACE CLUB – Fátima, Cfl Off Road,EKMA, Palma Artes Gráficas, Grutas de Mira de Aire, eni-sintetica, H2ST,NAU Helmets, Puretech Moto – Michelin 2 Rodas Portugal

Fotos: One Shot Foto e JPR Racing Team

Partilhe este artigo

O TTVerdePT - online desde o ano 2000 - é um "site" pessoal independente e sem fins lucrativos, dedicado à divulgação do Todo-o-Terreno e Desportos Motorizados, assume agora como objectivo principal, a disponibilização do seu vasto repositório de memórias destes últimos 20 anos. O TTVerdePT rejeita a responsabilidade por informações e material gráfico disponibilizado por terceiros.

De Y2K a Y2K20... um longo trajecto! A.O.

ATENÇÃO: Este site usa os cookies, apenas para podermos melhorar a sua utilização.