TTverde


Muito exercício pode estar prejudicando sua libido?

É um catch-22. Muitos homens passam horas na academia, trabalhando sem parar para ganhar massa, emagrecer e alcançar a definição, a fim de se tornarem mais saudáveis, mais fortes e – o mais importante – mais atraentes.

Mas esse nível intenso de exercício pode realmente ser prejudicial à mente e ao corpo? Um novo estudo, de pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte, sugere que sim.

A equipe de cientistas, liderada pela endocrinologista Frances Hayes, descobriu que os homens que realizam exercícios de alta intensidade regularmente tendem a ter libido consideravelmente menor do que aqueles que seguem regimes de exercícios de baixa intensidade. Depois de pesquisar 1.100 homens – todos com mais de 18 anos – sobre seus hábitos de exercícios e histórico sexual, descobriu-se que aqueles que se esforçam mais e mais na academia estão muito cansados ​​ou simplesmente não estão interessados ​​​​em se esforçar no quarto.

Também foi descoberto que aqueles que se exercitam por sessões mais longas são menos propensos a serem viris. Então, o que pode ser feito? A hora da academia se tornou uma parte tão integral da agenda de muitos homens modernos que eles não conseguem imaginar abrir mão dela. Mas também não ficarão felizes em perder a libido.

Minerais e vitaminas necessários para promover uma libido saudável podem ser encontrados em certos alimentos – como figos, bananas e abacates. Ervas como a base ou o alho também contribuem para os níveis de alicina do seu corpo e aumentam o fluxo sanguíneo necessário para uma vida sexual saudável. A meditação é outra maneira segura de aumentar sua libido, então talvez opte por ioga ou métodos mais suaves de exercícios para aliviar o estresse. O objetivo constante de se tornar mais musculoso pode não apenas exaurir você fisicamente, mas também fazer com que seus níveis de estresse aumentem – e atrapalhar o pico de virilidade.

Portanto, cuidado, senhores. O tempo na academia beneficiará seu corpo, mas beneficiará você no quarto?